terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Viva é Carnaval !!!

Vi o espectáculo da alegria do povo brasileiro.
Tive o privilégio.
Testemunhei.
Vivi o carnaval .
O carnaval Paulista.
(É similar ao carnaval carioca.)

Há um grande desfile das escolas de samba.
O desfile decorre numa passarela projectada por Oscar Niemeyer.

É uma alegria única, indescritível contagiante... e, nunca mais se esquece.

A entrada para o sambódromo ... emocionante.
Milhares de pessoas à espera, passamos por várias equipas de segurança, que asseguravam a entrada até ao camarote.
A música , o calor a alegria, já não nos deixa ficar quietos, aí percebi o que os brasileiros chamam de " samba no pé".

É tudo festa.
O auge é o desfile das escolas de samba.
Cores, muitas cores vivas, fantasia e muita gente gira !!!

Os carros alegóricos enfeitados com luxúria. Retratam rituais, tradições, contos, folclore e tudo o que nos vai na imaginação, que tanto pode homenagear como serve para apelar.

A ala das baianas é simplesmente lindo!!!
Todas sincronizadas, parecendo uma tela pintada.
A ala da bateria leva-nos o coração à boca, e a adrenalina à alma.
A ala das crianças, é uma ternura.

As fantasias são de acordo com o enredo, e mostram-nos o que a escola está cantando.
Cada escola desfila 65m.
A folia é ímpar, e não vale a pena tentar imitá-los, porque é impossível.
Apesar de terem sido os imigrantes portugueses da Ilha da Madeira, Açores e Cabo Verde a levar o carnaval para o Brasil,
A festa foi grandemente adoptada pela população brasileira.
Hoje, o Carnaval no Brasil, é considerado a festa mais animada do mundo.


Em Portugal, existe uma grande tradição carnavalesca, nomeadamente os Carnavais de Ovar,Loulé, Sesimbra ,Torres Vedras e Sines.
Destacando-se o de Torres Vedras, por possuir o Carnaval mais antigo e dito o mais português de Portugal, que se mantém popular e fiel à tradição rejeitando o samba e outros estrangeirismos... Também o de Canas de Senhorim com perto de 400 anos e tradições únicas como os Pizões, as Paneladas...
Na Europa, os mais famosos carnavais foram ou são: os de Paris, Veneza, Munique e Roma.


O de Nova Orleãs, quem ainda não ouviu falar???!!!
Não é para mim...


Hei-de ir ao de Veneza.
Prometo que vou.


E, ...vou continuar com a filosofia de Vinicius de Morais.

"É melhor ser alegre que ser triste"

5 comentários:

Shakanuno disse...

É issoáí Vinícius.
Bota pá quebrá Conchaaaaaa!!!

ZD - iniciais de Zeca-Diabo disse...

já dizia a minha avó e passo a citar "Mais vale o pobre alegre, que o rico apaixonado" hhihiihhihi, sabedoria popular no seu auge. E ainda outra pérola popular "não há nada mais triste que a tristeza". Beijos

MarTIC@ disse...

Gentxi! Cê tá no Brazzziuu???
Eu nem sou apreciadora de Carnaval mas pagava pra ver a vibração no sambódromo... deve ser o delírio total!!!

Txire o pé do chão, galera!!!

O de Veneza também deve ser giro. Mais soft, com um ambiente misterioso... Adoro mistérios!
Guarde-me um cantinho na mala, sff. Eu pago o excesso... ;)

'Bora enterrar o osso, ou melhor, o esqueleto todo!!!

***
X@u

Concha disse...

Ao Shakanuno:
Temos ou não costela brasileira?
É pá quebrá!!!

Ao ZD:
Carnaval sempre foi a minha festa!

À MarTIC@:
Indescritivel,contagiante,loucura..é tudo forró!
Nunca mais se esquece...

Dalva M. Ferreira disse...

Olha só o meu sorrisinho de contentamento e orgulho! É tão bom ver falar bem da nossa terra... e fechar os olhos às mazelas, à pobreza, à injustiça social. Tudo tem a sua hora debaixo do sol: hora de sambar, hora de deixar de sambar, hora de cantar, hora de silenciar. E pobres daqueles "chatos de galocha", aquela gente que só pensa em tristeza. É isso aí, Conchita! Ziriguidum!!!

Funchal

Funchal