quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Eu quero ser perfeita??? - Sei lá.....

Decidi gerir o tempo, fazer menos, mas..., o mais importante.
Tenho muita dificuldade de não fazer nada, vivo com exigências que me impôs, que nada valem, mas, faz-me elevar a auto-estima, o orgulho e, não vou conseguir abdicar tão
facilmente.
Cá, por casa, dizem-me que sou complicada, que não simplifico, e não percebem a razão de eu andar sempre de um lado para outro, a arrumar a limpar, a colocar tudo com assimetrias...
Nada está por acaso, desde as flores nas jarras à mesa ou ao mais pequeno ornamento.Tudo, tem de estar pela minha ordem, raramente aprovo que mudem objectos ou que organizem seja lá o que for, e que não me peçam ajuda.
Fico cansada, ando cansada, mas, tudo isto dá-me prazer, não sei bem com explicar.
Quero fazer tudo, quero ser perfeita, é um dos meus defeitos, e, quero mudar!

Esta coisa de querer tudo certo, é uma maneira de ocupar o meu subconsciente , e não ter tempo para pensar no que realmente é importante?
- Nada disso.
É paranóia, é vício de ter tudo programado.
Ando sempre a ler qualquer coisa, mas, para poder fazê-lo, tenho que ter tudo em redor ordenado. É uma loucura !!!,vou-me contrariando, e talvez consiga...deixar as exigências, já consigo auto-criticar me, e rir dos meus excessos, já é bom sinal !!!! Vou-me indisciplinar.



4 comentários:

Shakanuno disse...

vai ver, é uma coisa de família. Deve ser genético.

Anónimo disse...

já é doença!! =P

beijos* marta

Concha disse...

Vocês também são assim???
Ahahaha!!!

MarTIC@ disse...

Perfeccionista, eu? Q.B.
Todos gostamos de dar o nosso melhor sempre que possível! Uns empenham-se tanto que se tornam perfeccionistas tão compulsivos que aborrecem qualquer um. Mas será que essa mania da perfeição pode ser combatida?
Todos encaramos certas situações de maneira diferente! Eu, por exemplo, quando me empenho realmente nalguma coisa, gosto de dar o meu melhor, tentando que saia o melhor possível! Sou perfeccionista, sim, mas de forma controlada!
As atitudes do perfeccionista formam um ciclo vicioso. Quantos mais objectivos atingem, mais exigem de si próprios. São muito auto-críticos e auto-responsáveis, sentindo que o que realizam nunca é bom o bastante.
Um conselho?
Tentar ser perfeito dá muito trabalho e leva muito tempo, gerando stress.
Relaxe. Aproveite a vida, acreditando que o seu melhor é EXCELENTE!

X@u

Funchal

Funchal