segunda-feira, 13 de julho de 2009

Porquês?

A minha idade dos porquês, nunca passou.
Já não obtenho respostas.
Porquê?
Não sei a quem perguntar...
Porquê?
Porque já nem tenho Pai para me explicar,com amor a razão pela qual existimos



















Sinto falta do meu Pai.
Sinto falta do que eu tive, e perdi.
Sinto falta de tudo.
É a tudo isto que eu chamo saudade.

Adorei ler as «Conversas com o André»
no blog do escritor José Luís Peixoto.

5 comentários:

Manuel disse...

Porquê?
Já não sei o que pensar.
Ás vezes fazes-me: rir,pensar,reflectir
mas hoje choro contigo.

Beijinhos

Vieira Calado disse...

Ai a saudade!...

Bjs

Anónimo disse...

Para quê tantos porquês?
Tu até sabes simplificar o difícil,encaras de frente a realidade.
Continuas a lutar porque acreditas que és capaz...és o alicerce da família.
Sê forte,porque nós precisamos de ti

Dalva M. Ferreira disse...

Não tem remédio, amiguinha. É passar por isso, só. Todos nós que vivemos sofremos...

Alexiev disse...

Lindo...

Best wishes from Buenos Aires...

http://www.alexiev.com.ar

Proyectos

Alexiev Store

Funchal

Funchal